UNILASALLE

C
ENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE

MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

Linha de pesquisa: Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação

Coordenação: Profa. Dra. Luciana Backes

ACOPLAMENTO ESTRUTURAL NO HIBRIDISMO TECNOLÓGICO DIGITAL: DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PARA FORMAÇÃO DE GESTORES EDUCACIONAIS E EDUCADORES (2012 a 2014).

RESUMO:

O projeto de pesquisa visa desenvolver processos de formação, no contexto do hibridismo tecnológico digital, a fim de evidenciar como se constituem os acoplamentos estruturais entre os seres humanos em formação e capacitação, quais os domínios de acoplamentos que podemos identificar e de que maneira os acoplamentos contribuem para a inovação nas instituições. Portanto, são desenvolvidos processos de formação para estudantes do curso de mestrado em Educação, utilizando tecnologias da web 1.0 (AVA, hipertextos), web 2.0 (Blog, comunicadores instantâneos, editor de texto coletivo) e web 3D (metaversos), de maneira integrada, como espaços digitais virtuais, para a representação do conhecimento e para os processos de interação entre os participantes. Os dados coletados nos processos de formação, desenvolvidos no contexto do hibridismo tecnológico digital, serão recuperados e tratados por meio da análise de conteúdo, de maneira qualitativa e quantitativa. Este estudo se fundamenta na articulação entre a teoria da Biologia do Conhecer de Maturana e Varela (2002), a teoria-conceito ECODI, Schlemmer et al. (2006) e os estudos desenvolvidos por Rabardel (1995). Este projeto pode indicar reflexões importantes para a inovação nos processos de formação desenvolvidos por meio de tecnologias digitais, pois utiliza várias tecnologias de maneira integrada; os participantes poderão vivenciar e refletir sobre o seu próprio processo de aprendizagem, que implica em diferentes formas de representação do conhecimento e diversas possibilidades de interação; e capacita-os a construir outras propostas de formação no seu contexto profissional.

PALAVRAS-CHAVE:

Acoplamento estrutural. Hibridismo tecnológico digital. Processo de formação. Ensino Superior.

 

Linha de pesquisa: Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação

Coordenação: Profa. Dra. Luciana Backes

OS ESPAÇOS HÍBRIDOS NOS PROCESSOS DE ENSINAR E DE APRENDER: A PRESENÇA E A COPRESENÇA NO VIVER E CONVIVER (2014 a 2016)

RESUMO:

As tecnologias digitais foram inseridas no cotidiano de homens e mulheres de forma gradual e contínua. Inicialmente, pensou-se a utilização das tecnologias digitais como um outro mundo, dividimos as gerações (analógica e digital), desenvolvemos metaversos como: Second Life (segunda vida) e construímos práticas pedagógicas próprias para as tecnologias digitais. No entanto, com a familiaridade em relação às tecnologias digitais, estas se tornaram cada vez mais “transparentes”, naturalizadas, fazendo com que o foco fosse deslocado para os seres humanos que configuram o seu viver e conviver, em constante processo de interação e em congruência com o espaço. Assim, emerge a problemática: Como se efetiva a presença e a copresença nos processos de ensinar e de aprender em espaços híbridos (espaços localizados geograficamente e espaços digitais virtuais)? A reflexão sobre o problema será por meio de cursos de formação desenvolvidos com estudantes da graduação e pós-graduação do Centro Universitário La Salle, por meio da metodologia de estudo de caso. Os dados empíricos serão todas as representações das percepções dos estudantes registradas nas aulas e nos espaços digitais virtuais, configurados por diferentes tecnologias digitais. Os dados empíricos serão submetidos a análise de conteúdo. Nesse sentido, temos a intenção de identificar como os estudantes se fazem presentes e copresentes em espaços geograficamente localizados e em espaços digitais virtuais, para reconstruir a prática pedagógica em congruência com esse tempo e nesses espaços.

PALAVRAS-CHAVE:

Tecnologias digitais. Processo de ensino. Processo de aprendizagem. Presença. Copresença. Hibridismo tecnológico digital. Hibridismo.

 

Linha de pesquisa: Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação

Coordenação: Profa. Dra. Luciana Backes

EDUCAÇÃO ON-LINE: RECONFIGURAÇÕES, RECONSTRUÇÕES E SIGNIFICADOS NA PRÁTICA PEDAGÓGICA PARA ENSINO E APRENDIZADO (2016 a Atual )

RESUMO:

Homens e mulheres reconfiguram a contemporaneidade, por meio do cotidiano que se constitui, também, pela inserção das tecnologias digitais. Inicialmente, pensou-se a utilização das tecnologias digitais como outro mundo, um mundo paralelo. Assim, dividimos as gerações (analógica e digital) e, paradoxalmente, reproduzimos no contexto da Educação On-line as práticas pedagógicas desenvolvidas nas salas de aula (espaço geográfico). A utilização no cotidiano e a familiaridade em relação às tecnologias digitais contribuiram para que esta divisão se tornasse cada vez mais ?frágil?, fazendo com que o foco sobre as tecnologias digitais fosse deslocado para a convivência dos seres humanos, que ocorre nos processos de interação, de comunicação e de cooperação e em congruência com o espaço (geográfico e digital-virtual). Assim, emerge a problemática: Quais aspectos são significativos para a prática pedagógica na Educação On-Line e de que forma eles potencializam os processos de ensinar e de aprender na contamporaneidade? A reflexão sobre o problema será através das disciplinas de Informática e Multimeios na Educação e Tecnologia na Educação, desenvolvidas na modalidade EAD, com estudantes da graduação do Centro Universitário La Salle, por meio da metodologia de estudo de caso. Os dados empíricos serão todos os registros dos estudantes realizados nos processos de comunicação e de interação, bem como a ação dos estudantes nas atividades propostas durante o curso. Esses dados empíricos serão submetidos a análise de conteúdo. Nesse sentido, temos a intenção de identificar características para as práticas pedagógicas que estão em congruência com esse tempo (contemporâneo) e nesses espaços (geográficos e digitais-virtuais). Portanto, com o desenvolvimento das tecnologias digitais e a apropriação dos seres humanos, elementos como: a ludicidade, a literaturalização da ciência, a metáfora, a ubiquidade, a gamificação e a imersão, podem contribuir para a construção de práticas pedagógicas no contexto educacional contemporâneo.

PALAVRAS-CHAVE:

Práticas pedagógicas. Tecnologias digitais. Educação On-line. Interação. Tecnologia na Educação. Informática e Multimeios na Educação